POR QUE A CANNABIS MEDICINAL É A CHAVE DA BOA SAÚDE?

Não é nenhum segredo que o mundo está vendo um enorme aumento nos casos de doenças e câncer. Não deveria ser uma surpresa quando olhamos o que comemos diariamente, a condição do nosso meio ambiente e os tipos de produtos de cuidados com o corpo que usamos diariamente que contêm uma tonelada de agentes causadores de câncer. A medicina geral sugere que a quimioterapia e a radiação são os melhores meios para tratar o câncer, mas há um crescente número de evidências que sugerem a existência de tratamentos muito melhores.

Os canabinoides podem muito bem ser um dos melhores tratamentos contra doenças e câncer. Se você já ouviu falar de Rick Simpson, você já ouviu falar sobre seus métodos de preparar cannabis ou cânhamo de tal forma que seja capaz de extrair o óleo e usa-lo para tratar o câncer. Rick tem sido muito bem sucedido em seu trabalho e sua popularidade está crescendo com o resultado. Ao mesmo tempo, ele recebeu uma grande quantidade de críticas pelos seus métodos, pois eles representam uma séria ameaça para os negócios que envolvem o câncer.

O QUE SÃO CANABINOIDES?
Os canabinoides referem-se a um grupo de compostos que incluem cannabidiol e os constituintes ativos da cannabis. Eles ativam os receptores canabinoides no corpo. O próprio corpo produz compostos chamados endocanabinoides e eles desempenham um papel em muitos processos dentro do corpo que ajudam a criar um ambiente saudável. Os canabinoides também desempenham um papel na geração e re-geração do sistema imunológico. O corpo se regenera melhor quando está saturado com fitocanabinoides. Os canabinoides também podem ser encontrados na cannabis. É importante notar que os canabinoides são abundantes em cânhamo e cannabis. A diferenciação entre cânhamo e cannabis é simplesmente que o cânhamo só contém 0,3% de THC, enquanto a cannabis é de 0,4% de THC ou superior. (Tecnicamente, são ambas as cepas de Cannabis Sativa.)

Veja também: Sistema Endocanabinoide e a Regulação Fisiológica  

Está comprovado que os canabinoides reduzem as células cancerosas pois têm um grande impacto na reconstrução do sistema imunológico. Embora nem todas as cepas de cannabis tenham o mesmo efeito, mais e mais pacientes estão a ver sucesso na redução do câncer em um curto período de tempo usando cannabis. Contrariamente ao pensamento e crença populares, fumar a cannabis não ajuda muito no tratamento de doenças dentro do corpo, pois os níveis terapêuticos não podem ser alcançados através do tabagismo. Criar o óleo da planta ou comer a planta é o melhor caminho a seguir para obter os ingredientes necessários, que são os canabinoides. Outro aspecto de fumar a cannabis que deve ser observado é o fato de que, quando a cannabis é aquecida e queimada, muda a estrutura química e a acidez do THC, o que altera sua capacidade de ser terapêutico. Além disso, quando você queima alguma coisa e a inspira, você cria oxidação dentro do corpo. Essa oxidação não é saudável para o corpo e pode levar a problemas de saúde em si.

Os canabinoides podem prevenir o câncer, reduzir os ataques cardíacos em 66% e diabetes dependente de insulina em 58%. O clínico de cannabis Dr. William Courtney recomenda beber 4 a 8 onças de flor crua e suco de folhas de qualquer planta de cânhamo.

SISTEMA ENDOCANABINOIDE (SEC)
O Sistema Endocanabinoide mantém nossos sistemas biológicos regulando cada tecido celular. Ele usa ácido araquadônico / Omega 6 para fazer endocanabnoides: moléculas gordurosas que comunicam danos entre as células. Cannabis Dietético imita o SEC, fornecendo canabinoides quando existe uma deficiência de ácido araquadônico ou deficiência clínica de canabinoides.

Os médicos que pesquisaram cannabis e seus benefícios na dieta há algum tempo , recomendaram que as pessoas façam a cannabis como parte de sua dieta diária.

Para reiterar, a planta não precisa conter altos níveis de THC e pode simplesmente ser cânhamo. Além disso, fumar não dá os mesmos resultados que comer ou usar o óleo da planta. Se considerarmos a planta simples como um vegetal como todos os outros vegetais que comemos, não faz sentido usarmos como cigarros , fumando para obter os benefícios nutricionais.

Fonte: Medical Marijuana 411

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *