SISTEMA ENDOCANABINOIDE E A REGULAÇÃO FISIOLÓGICA

Por Isabella Filippini

Como sabemos, a cannabis é capaz de tratar uma ampla gama de condições. O responsável por isso é o Sistema Endocanabinoide que carregamos no corpo, que através de uma série de mecanismos regulatórios, atua na manutenção da homeostase.

O Sistema Endocanabinoide é constituído pelos receptores CB1, localizado no sistema nervoso, e receptores CB2, encontrados principalmente no sistema imunológico. Estes receptores são acionados pelos chamados canabinoides ou endocanabinoides.  Mais de 100 deles foram identificados na planta de maconha. Destas moléculas de maconha, o tetrahidrocannabinol (THC) e o cannabidiol (CBD) foram estudados de forma mais ampla. Além dos canabinoides produzidos pela planta, existem canabinoides endógenos (como anandamida, semelhante  ao THC e a 2AG, semelhante ao CBD) que ocorrem naturalmente no cérebro e no corpo de mamíferos, bem como os canabinoides sintéticos, criados em laboratório.

Veja também: A Descoberta do Regulador Mestre do Corpo: o Sistema Endocanabinoide

Quando receptores canabinoides são incitados, através de ações diretas e indiretas, os endocanabinoides influenciam uma variedade de sistemas fisiológicos, incluindo apetite, dor, inflamação, termorregulação, pressão intra-ocular, sensação, controle muscular, balanço energético, metabolismo, saúde do sono, respostas ao estresse, motivação/recompensa, humor e memória.

Articular o funcionamento do Sistema Endocanabinoide pode ser uma alternativa para várias condições e doenças, como obesidade/síndrome metabólica, diabetes e complicações diabéticas, doenças neurodegenerativas, inflamatórias, cardiovasculares, hepáticas, gastrointestinais, doenças da pele, dor, distúrbios psiquiátricos, caquexia, câncer, auxílio nos efeitos colaterais da quimioterapia (náuseas e vômitos), entre muitos outros, uma vez que ele equilibra as funções fisiológicas do corpo, em que cada receptor age de forma e em local diferente.

Imagine que o Sistema Endocanabinoide é a base principal do seu corpo: ele regula e modifica o funcionamento de todos os outros sistemas e mantêm o seu equilíbrio corporal, desempenhando um papel crucial na regulação da nossa fisiologia, humor e experiência cotidiana, e em razão disso, torna-se um caminho viável para diversos tratamentos médicos.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *