A CANNABIS É ALTAMENTE EFICAZ NO TRATAMENTO DA SÍNDROME DE TOURETTE

Parece que todo dia novas pesquisas são divulgadas provando a eficácia da maconha como remédio. O exemplo é um estudo publicado no Journal of Neuropsychiatry e Clinical Neuroscience que confirma que a maconha pode ser usada para tratar a síndrome de Tourette e os sintomas associados a ela.

POR QUE ESTUDAR NOVOS TRATAMENTOS PARA A SÍNDROME DE TOURETTE?
Existem mais de 100.000 americanos que atualmente sofrem de Síndrome de Tourette. Ela traz muitos sintomas indesejáveis, como: sintomas obsessivo-compulsivos, tiques, impulsividade, ansiedade, irritabilidade e explosões de raiva. O tratamento tradicional para o Tourette é alguma forma de medicação anti-tique ou medicação anti-psicótica que vem com efeitos colaterais como: alterações de humor / personalidade (depressão), dores de cabeça, tontura, náusea e pesadelos. Com uma ladainha de efeitos colaterais e taxas muito baixas de sucesso, fica claro por que as pessoas estão procurando uma alternativa aos medicamentos tradicionais de Tourette. Este fato por si só torna o sucesso deste teste tão vital para o tratamento no futuro.

OPINIÕES DOS INVESTIDORES ENVOLVIDOS
O estudo, conduzido por pesquisadores da Universidade de Toronto, tratou 19 pacientes de Tourettes com cannabis consumida por via oral. Ao falar sobre as descobertas do estudo, os pesquisadores declararam: “No geral, os participantes do estudo experimentaram melhorias substanciais em seus sintomas”. Eles continuaram dizendo: “Em conclusão, a cannabis parece ser uma opção de tratamento promissora para tiques e sintomas associados.”

SUCESSO ESTATÍSTICO CLARO
Das 19 pessoas envolvidas no estudo, 18 afirmaram que suas condições haviam “melhorado muito”. Além disso, a quantidade de tiques sofrida pelos participantes diminuiu em média 60%. Estas não são pequenas mudanças na condição que mal supera o sucesso do placebo, estes resultados são surpreendentes e para quem sofre de Tourette, esta notícia pode ser uma mudança de vida.

Temos a obrigação, como sociedade, de tratar doenças e ferimentos com o remédio mais eficaz e seguro que podemos encontrar. Como novos estudos continuam a ser divulgados todos os dias, provando que a maconha pode ser ou já é esse remédio, não devemos negar suas propriedades medicinais, devemos aceitá-las e persegui-las.

Fonte: Medical Marijuana 411

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *